Fetramesc - Federação dos Trabalhadores Municipais do Estado de Santa Catarina 

18 de Novembro de 2018



Fetramesc - Notícias

Lista de Notícias

Reforma trabalhista cria nova barreira para tempo especial[+]

IBGE: Mais ricos recebem 36 vezes acima do que ganham os pobres em 2017[+]

A Desconstrução do movimento sindical e a sua necessária reinvenção[+]

FETRAMESC no I Fórum de Mulheres de Camboriú[+]

Fetramesc no Ocupa Brasília [+]

Ocupa Brasília[+]

Reunião da Diretoria debate alterações no regimento, no estatuto e ações estratégicas para 2017[+]

Greve Geral 28 de abril 2017[+]

FETRAMESC realiza o 2º Encontro das Mulheres[+]

Greve Geral Contra As Reformas[+]

Ministro do Trabalho recebe propostas das centrais sobre Reforma Trabalhista[+]

2º Encontro das Mulheres - FETRAMESC[+]

Contra todo e qualquer retrocesso.[+]

Reforma da Previdência ignora 426 bilhões devidos por empresas ao INSS[+]

Reforma da Previdência: Passados mais de 21 anos, os mesmos interesses escusos: os tentáculos do mercado-financeiro ultra-neo-liberal[+]

Deputados Federais debateram a Reforma da Previdência em São Bento do Sul[+]

Abertura do Ano Letivo em Porto União[+]

Sitraslo inaugura nova sede e terá atendimento diário[+]

FST FAZ ÚLTIMOS AJUSTES PARA INÍCIO DA CAMPANHA NACIONAL CONTRA RETROCESSOS[+]

Artigo: Previdência, 94 anos[+]

SINDSERV de Curitibanos Carta Aberta a População[+]

Comunicado de Férias[+]

A FETRAMESC trouxe Palestrante a Blumenau para explicar a PEC 55 e a conjuntura politica Atual.[+]

Fetramesc realiza reunião com diaretoria e conselho de representantes.[+]

É ocupação. É resistência! Próxima semana será decisiva para o futuro do Serviços Público[+]

PEC 241(55): 95% dos internautas são contra, aponta consulta do Senado[+]

PLS 385/16: Contribuição Sindical ameaçada[+]

Sinseb realiza Seminário Sindical sobre Regime Próprio de Previdência[+]

FETRAMES REALIZA REUNIÃO COM A DIRETORIA[+]

BANNER: Dia Nacional de Lutas contra a PEC 241[+]

Nota e Repudio a PEC 241[+]

REUNIÃO DIRETORIA[+]

Curitibanos Eleições 2016[+]

Direitos dos Servidores[+]

FETRAMESC em Curitibanos[+]

Sintraspug promoveu curso de capacitação para motoristas e operadores de máquinas[+]

FETRAMESC CONTRATA ASSESSORIA ECONOMICA[+]

DECISÃO JUDICIAL ADICIONAL DE INSALUBRIDADE AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE[+]

Secretário Regional Antonio Colaço Visita Sindicato[+]

Reunião Fetramesc e Nova Central com Sindicatos em Curitibanos[+]

CSPB e entidades sindicais conseguem impedir votação do PLP 257 nesta semana[+]

PLP 257/16: CSPB protagoniza ato contra projeto que coloca a dívida dos estados e DF na conta do servidor[+]

FETRAMESC em Ibirama[+]

SINTRASPUG reunido com Servidores da Saúde[+]

FETRAMESC visita Otacílio Costa, Capão Alto e Curitibanos.[+]

Nota de Falecimento Dr. Paulo Ronconi[+]

Secretário Regional em Timbó Grande[+]

SINTRASPUG, NCST SC E FETRAMESC NO SEMINÁRIO EM GASPAR[+]

MAIS UM RETORNO DE SERVIDOR EXONERADO EM ESTÁGIO PROBATÓRIO[+]

SISEMCAM Realiza Seminário em Camboriú[+]

Reunião no Sindicato dos Servidores tratará de assuntos da hora atividade dos professores[+]

Reunião Diretoria e Conselho de Representantes[+]

Reunião em São João do Itaperiú[+]

Sintraspug Realiza Assembleia[+]

FETRAMESC Visita Sindicatos[+]

Kátia é reeleita presidente do Sindicato dos Servidores de Araquari[+]

Braço do Norte Realiza Assembleia com Servidores[+]

Servidores de Brusque elegem nova diretoria[+]

CSPB reúne Diretoria Executiva e Conselho de Representantes[+]

Reunião na Nova Central Sindical de Santa Catarina[+]

Servidores de São Bento do Sul retomam negociações[+]

Gaspar - Comissão que analisa RPPS – Regime Próprio de Previdencia Social se Reúne[+]

ASSESSORIA JURÍDICA RECORREU DA DECISÃO DE PRIMEIRO GRAU[+]

Servidores públicos iniciam greve em Santa Rosa de Lima[+]

Nota de Pesar Pelo Falecimento de Rudney Vera de Carvalho Presidente da Feserpms.[+]

Presidente do Sintraspug comenta projeto GASPREV[+]

Ministro do Trabalho em visita à CSPB firma compromisso com a classe trabalhadora[+]

ASSEMBLEIA COM OS SERVIDORES DE MAJOR GERCINO[+]

Fetramesc Cumpre Agenda de Visitas a Sindicatos Correia Pinto[+]

Fetramesc Cumpre Agenda de Visitas a Sindicatos Lages[+]

Incêndio destrói sede do Sindicato dos Servidores em Água Doce[+]

Fetramesc Participa de Assembleia em Ponte Alta do Norte[+]

Sindicato dos Servidores Públicos de São Bento do Sul garante reajuste integral da inflação[+]

Assembleia Geral Servidores de Luzerna[+]

Atenção! Pronunciamento do presidente da CSPB[+]

PIRÃO COM LINGUIÇA É SUCESSO DE PUBLICO[+]

Assistentes Sociais Pelas 30 Horas já[+]

Prefeito de Itaiópolis quer acabar com direitos dos funcionários[+]

Juridico da Fetramesc Ganha Mandado de Injunção em Santa Cecília[+]

CSPB participa de audiência pública na CDH e aponta caminho de resistência a qualquer ataque a direitos trabalhistas e sociais.[+]

POR UNANIMIDADE ASSISTENTES SOCIAIS DECIDEM PARALISAR ATIVIDADES A PARTIR DO DIA 17 DE MAIO[+]

Informativo[+]

Servidores de Lages propagam o ‘estado de greve’[+]

Passeata do Movida reúne cerca de 1.200 trabalhadores do estado em Brusque [+]

Festa do Pirão com Linguiça[+]

Servidores de Major Gercino Visitam a Fetramesc[+]

Sindicato dos Servidores Publicos Municipais de Porto União Comemoram Dia do Trabalho.[+]

Eleições na FETICOMSC[+]

Fetramesc na ALESC Contra o PLC 257/16[+]

Justiça do trabalho, concedeu liminar a Fetramesc[+]

CSPB mobiliza-se contra PLP 257 e enterra projeto em ato de protesto[+]

Fetramesc Visita sindicato em Fraiburgo.[+]

Diga Não a Pl 257/16[+]

Assembleia em Camboriu[+]

FETRAMESC Em Bom Jardim da Serra[+]

FETRAMESC Em Santa Cecília [+]

Artigo: Previdência, 94 anos

 

Esta é a previdência nonagenária que vai estar na boca do povo, nas mobilizações de rua e nos debates nos corredores do Congresso Nacional em 2017. Longa vida à Previdência Social, nos seus 94 anos!







por Vilson Antonio Romero




Ao completar, neste 24 de janeiro, 94 anos no território brasileiro, a previdência social, maior programa de redistribuição de renda da América Latina, volta a ser ameaçada por mudanças que podem afetar as economias das pequenas e médias comunidades e a vida de trabalhadores e aposentados.

O governo federal enviou ao Congresso Nacional em dezembro passado a Proposta de Emenda Constitucional (PEC 287/16), com uma série de alterações, entre elas:

- Extinção das aposentadorias por tempo de contribuição e por idade, transformando-as em aposentadoria voluntária, somente a partir dos 65 anos de idade, desde que o trabalhador ou a trabalhadora, do campo ou da cidade, do serviço público ou da iniciativa privada, tenha contribuído por 25 anos;

- Extensão do teto do Regime Geral de Previdência Social (INSS) a todos os servidores, com prazo de dois anos para implantação de previdência complementar;

- Eliminação das aposentadorias especiais de policiais e professores do ensino fundamental; e

- Proibição de acumulação de aposentadoria e pensão por morte.

Pois esta intenção reformista se repete, mais amiúde nas últimas décadas, desde a Lei Eloy Chaves, de 1923, marco inicial da história do seguro social brasileiro, que criou a Caixa de Aposentadorias e Pensões para ferroviários.

Daquela época para cá, a previdência se tornou o maior instrumento estatal anti-desigualdade, beneficiando hoje mais de 32 milhões de brasileiros que mantêm outros milhões de cidadãos e movimentam e mantém a economia de mais de 80% dos municípios.

Na PEC, o governo altera este grande amortecedor das mazelas sociais, atendendo ao clamor do “Senhor Mercado” e tendo como paradigma a “ditadura demográfica”, da mudança da pirâmide etária, com base em nações desenvolvidas como as escandinavas ou, mais amplamente, os países membros da União Europeia.

Sem apresentar medidas de ajuste pelo lado das receitas, como redução das isenções e renúncias previdenciárias, melhoria dos serviços de fiscalização, agilidade na cobrança da dívida ativa previdenciária e reequilíbrio do financiamento do sistema rural, o governo foca na redução das aposentadorias, na restrição das pensões e no aniquilamento da assistência social, devida a idosos e deficientes.

Seguimos reafirmando e atestando que, ao integrar a Seguridade Social, as áreas de previdência, saúde e assistência social estão cobertas por orçamentos superavitários. O que não pode é os governos seguirem retirando recursos dos programas sociais para bancar juros e amortização da paquidérmica dívida pública.

Esta é a previdência nonagenária que vai estar na boca do povo, nas mobilizações de rua e nos debates nos corredores do Congresso Nacional em 2017. Longa vida à Previdência Social, nos seus 94 anos!




* Vilson Antonio Romero é j?ornalista, auditor fiscal da RFB, diretor da Associação Riograndense de Imprensa e presidente da Associação Nacional de Auditores Fiscais da Receita Federal - Anfip








Fonte: Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar - Diap