Fetramesc - Federação dos Trabalhadores Municipais do Estado de Santa Catarina 

14 de Dezembro de 2018



Fetramesc - Secretarias

Secretaria:

Endereço:

Fone:

Responsavel:

Lista de Notícias

Paralisação em Itaiópolis.[+]


Acordo põe fim à greve dos Servidores Municipais


Prefeito do município não participou das rodadas de negociação transferindo a responsabilidade para secretários municipais. Mesmo com reposição de 8%, perdas inflacionárias nos salários dos servidores chegam a 8,22% conforme INPC 
Ontem, dia 06 de abril, terceiro dia, por volta das 14 horas, os servidores públicos municipais de Itaiópolis entraram em acordo com o Poder Executivo Municipal, pondo fim à greve. Todos os serviços oferecidos pelo município, que dependem da mão de obra dos servidores, foram retomados hoje, dia 07 de abril.
Os servidores decidiram entrar em greve devido ao Poder Executivo não ter oferecido contraproposta as reivindicações dos trabalhadores, que são legitimamente representados pelo Sindicato dos Servidores. Segundo informações não oficiais, a Prefeitura não teria como fazer a revisão dos salários, pois está sem dinheiro nos cofres.
Não tendo nada por escrito do chefe do Poder Executivo os trabalhadores não tiveram alternativas, senão paralisar a prestação dos serviços públicos municipais. 
Depois de longas rodadas de negociação no decorrer da greve, foi fechado acordo. Ficou definido que o Poder Executivo vai conceder reposição inflacionária de 6% no mês de maio, e mais 2% no mês de novembro, totalizando 8%. Os trabalhadores pediam 11,27%, que é o percentual de inflação apurado nos últimos doze meses.
Foi conquistada com a greve a ampliação da licença maternidade para as servidoras municipais dos atuais quatro meses para seis meses. Um acréscimo de 60 dias, para as servidoras gestantes que trabalham na Prefeitura poderem acompanhar seus bebes.
O plano de saúde, que também é um pleito dos funcionários, não houve contraproposta do Poder Executivo, alegando que não pode gastar, pois não se tem dinheiro nos cofres. O prefeito municipal José Heraldo Schritke não apareceu na Prefeitura nesses três dias de paralisação e a negociação com os servidores foi feita pelos secretários municipais de saúde, de educação e de administração. 
Também foi acordado entre os trabalhadores e o Poder Executivo que os dias da greve não serão descontados das folhas de pagamento. O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais e a comissão de negociação avaliaram o desfecho da greve como positivo, pois, ao que se sabe os servidores não teriam sequer reposição inflacionária.
A direção do Sindicato dos Servidores vai tentar manter aberto o canal do diálogo, para a implantação, na medida do possível, do plano de saúde para os servidores. 
O município, com a intenção de desfazer a paralisação, se socorreu no Poder Judiciário, pleiteando medida liminar para sustar a greve, determinando o fim da mesma. Em decisão, o juiz de direito da Comarca, ao apreciar o pedido do município, o indeferiu.
A direção do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Itaiópolis agradece a Polícia Militar, por garantir a segurança dos trabalhadores na greve, aos dirigentes do Sindicato do Papel de Lages (Sitipel), aos dirigentes da Nova Central Sindical de Trabalhadores de Santa Catarina, e aos dirigentes da Fetramesc, pela solidariedade e apoio aos servidores municipais de Itaiópolis.  
 
 
Fonte: Sindicato Servidores Itaiópolis.